Textos texts

As Bordas da Pintura

Publicado em Teses no dia 09/06/2011

p0002477Tela ou quadro são as denominações mais comuns dadas ao suporte, em geral retangular onde aplica-se a tinta e/ou outros materiais para se realizar uma pintura. Entretanto quando o artista  diz ‘vou pintar um quadro’ refere-se à mesma palavra quadro para designar a obra pronta, a pintura que nele se efetiva. Se para o artista esta palavra denota tanto o suporte propriamente dito quanto a ação que nele se efetiva, isto nos permite observar o quanto sua presença é parte estruturante da linguagem pictórica, sem o qual a própria linguagem perde boa parte de seu mundo significativo.

 

Para ler a dissertação: dissertação de mestrado – 2005

 

Para ler o texto de Cauê Alves sobre a exposição:  Texto Caue Alves

 

 

Para ver as obras:


Texto de Sérgio Romagnolo para a exposição Pinturas – Galeria Virgílio, 2003

Publicado em Textos no dia 20/06/2011

vistageral1No filme O Inquilino ( Le Locataire, 1976 ), de Roman Polanski, o personagem principal Trelkovsky se pergunta: “ Se eu corto a minha cabeça, eu digo ‘ eu e minha cabeça’”. Então ele se pergunta:  “Que direito a minha cabeça tem de se chamar de EU?”. Nós colocamos o EU onde está a linguagem, no caso da cabeça, a fala, a visão e a audição e naturalmente o cérebro.

 

Para ler o texto completo:  O Mundo de Ricardo Bezerra

 

Para ver as obras:

 

Texto de Alberto Tassinari para as exposições Pinturas – FUNARTE, RJ 1996 e Escritório Rosa Barbosa, SP 1998

Publicado em Catálogos no dia 14/06/2011

imagem7A forma retangular de um quadro parece apoiar-se numa procura de um suporte neutro para a percepção. É difícil prová-lo, pois a tradição nos habituou a escrever e ler em folhas retangulares e, de um modo geral, toda espécie de imagem nos chega em retângulos. A origem e a predominância do formato retangular talvez seja técnica, pois é mais fácil manipular, fabricar, etc formas com ângulos retos. Seja como for, o retângulo é o menos eloquente dos formatos. O que se torna cômodo, no caso da pintura, para quem a olha pronta. Já para o artista, a comodidade cede lugar à dificuldade. De que modo dispor a pintura num retângulo, se o que ela nos dá a ver é uma infinidade de outras formas?


Para ler o texto completo:  Texto de Alberto Tassinari

 

Para ver as obras: